Figura de Mulher, ano 1983, 55x15x15cm, técnica: Bronze Polido

Abelardo da Hora

Escultura

Rua Gervásio Pires, 307, Boa Vista Recife-PE
CEP 50.050-070

(81) 9168.7723

Escultor, desenhista, gravador, ceramista e professor em plena atividade criativa, com mais de sessenta anos dedicados ao desenvolvimento, ensino e pesquisa em arte. Nascido em 1924 na cidade de São Lourenço da Mata (PE), é formado pela Escola de Belas Artes do Recife e pela Faculdade de Direito de Olinda. Foi um dos fundadores da Sociedade de Arte Moderna do Recife, em 1946, sendo seu dirigente por quase uma década. Nos anos 1940, realizou gravuras com temática social, presente também em suas esculturas. Fundou o Ateliê Coletivo, que dirigiu entre 1952 e 1957. Nesse período, passou a produzir várias esculturas para praças do Recife, representando tipos populares. Durante a década de 1960, exerceu várias atividades políticas. Fundou, também no Recife, o Movimento de Cultura Popular (MCP) abrangendo, além das artes plásticas, música, dança e teatro. Em 1962, publicou o álbum de gravuras Meninos do Recife. Em 2004, criou, junto a familiares, o Instituto Abelardo da Hora. Foi o mestre e formador da principal geração de artistas pernambucanos na segunda metade do século XX, e hoje é considerado o maior escultor vivo do Brasil.